Rumo a 2030: Os Municípios e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Rumo a 2030: Os Municípios e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

destaque-rumo-a-2030-os-municipios-e-os-ods-VFC1

A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável preconiza um plano ambicioso de “não deixar ninguém para trás”, cuja concretização implica uma responsabilidade partilhada pelos vários atores do desenvolvimento a nível nacional, regional e local. Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) são o enquadramento para guiar os esforços de todos em direção a um mundo socialmente mais justo, ambientalmente mais sustentável e economicamente mais desenvolvido e menos desigual.

A superação de muitos dos desafios identificados pelos ODS e as suas metas depende dos municípios e governos locais, que estão bem posicionados para conhecerem e responderem diretamente às necessidades e aspirações das pessoas, bem como para dar a conhecer e motivar os cidadãos a agir em prol dos ODS. É assim, necessário informar, mobilizar, formar, empoderar e promover a apropriação dos ODS nos municípios.

Neste contexto, o estudo “Rumo a 2030: Os Municípios e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, da autoria de Patrícia Magalhães Ferreira, elaborado no âmbito do projeto “Rumo a 2030: Campanha para a promoção dos ODS e da Educação para o Desenvolvimento e Cidadania Global”, implementado pelo IMVF, pela Câmara Municipal de Oeiras e pela Rede Intermunicipal de Cooperação para o Desenvolvimento (RICD), e financiado pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. fornece aos municípios portugueses uma base para conhecer e agir, através da capacitação e mobilização para poderem integrar os ODS nos seus contextos locais, e terem assim também um impacto efetivo na transformação global.

Também as ações de formação da VFC, alinhadas sempre às prioridades e estratégia de cada município, permitem que os técnicos e decisores municipais possam interpretar os ODS a uma escala glocal e definir e implementar estratégias de localização da Agenda 2030.